Campinas/SP - Quarta, 17 de julho de 2019 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

"PARA QUE ESPERAR, SE VOCÊ PODE CONCILIAR?"  


O Colégio Visconde de Porto Seguro, Unidade II, em Valinhos/SP, foi criada pela fundação Visconde de Porto Seguro em 1980 com o objetivo principal de atender os filhos de estrangeiros, particularmente alemães, das empresas da região de Campinas/SP. Hoje tem 2.733 alunos e é uma referência de qualidade no segmento educação. O professor Admir Moreli é o atual diretor da unidade respondendo a Mariana Bataglia, diretora geral do Colégio Visconde de Porto Seguro que conta com três unidades em São Paulo. Sua relação com a Comunicativa ACJ teve início em 1994 com a produção de um informativo institucional que logo passou para 4 edições anuais. Desde 1997 conta, também, com Assessoria de Imprensa.


»
Baú de Notícias
» Clipping

   


02/06/2017 - Com o slogan "Para que esperar, se você pode conciliar?", a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, mobilizou os 24 tribunais trabalhistas do País para estimular a solução de conflitos entre patrões e empregados por meio do diálogo e da conciliação. Durante o período, o mutirão resultou em 69.092 audiências realizadas com 198.470 pessoas atendidas em todo o País. Foram homologados 26.527 acordos, totalizando o valor de R$ 728.923.789,40. Além disso, foram arrecadados R$ 16.676.850,03 decorrentes de recolhimento previdenciário e R$ 3.650.141,05, de recolhimento fiscal.
A Justiça do Trabalho da 15ª Região destinou aos trabalhadores R$ 198.763.077,47, o que corresponde a 27,3% do total arrecadado em nível nacional. Além do TRT-15, compõem o ranking dos três maiores em valores homologados a 1ª Região/ RJ e a 2ª Região/ SP. A 15ª também é a Região Judiciária com maior número de acordos realizados: 4.250, o que equivale a 16% do total. Liderou ainda em arrecadações decorrentes de INSS: R$ 3.555.146,58 e de Imposto de Renda: R$ 1.078.548,45. O presidente do TRT-15, desembargador Fernando da Silva Borges, parabenizou os magistrados e servidores pelo esforço, dedicação e competência, reforçando os excelentes resultados alcançados consecutivamente pelo Regional, que vem angariando vários prêmios nos últimos três anos. Na edição do ano passado, o TRT-15 também liderou o ranking, com R$ 105.044.549,63 homologados aos reclamantes, de um total nacional de R$ 620 milhões.
Dos R$ 198,7 milhões pagos aos trabalhadores paulistas jurisdicionados pela 15ª em 2017, R$ 187.129.709,13 foram decorrentes de acordos homologados nas 165 unidades judiciárias de 1ª instância e nos oito Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Justiça do Trabalho (Cejuscs-JT) de 1º Grau, localizados nos municípios-sede de circunscrição do Tribunal: Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. Os outros R$ 11.633.368,34 tiveram como origem conciliações no 2º grau, capitaneadas pelo Cejusc-JT do 2º Grau do TRT-15 e também pela Vice-Presidência Judicial. Ao todo foram realizadas 11.032 audiências, incluindo as específicas de conciliação, as da pauta ordinária (Inicial, Instrução e UNA), com 10.480 pessoas atendidas.
Para o vice-presidente do CSJT e coordenador da Comissão Nacional de Promoção à Conciliação, ministro Emmanoel Pereira, os números demostram a força do trabalho em equipe. “Em um ano de crise econômica, o fato de termos superados em quase R$ 130 milhões o valor obtido no ano passado é significativo, temos que comemorar,” ressaltou. Para ele, a conciliação, é o “caminho mais eficiente, célere e viável para a solução de conflitos". Os resultados superam os resultados das edições anteriores do evento, que em 2015, R$ 446 milhões e, em 2016, R$ 620 milhões.

 

 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®