Campinas/SP - Domingo, 7 de março de 2021 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

VACINAS PARA TODOS  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


As pessoas são mais importante que o lucro!
Na última quarta-feira (17), o Secretário-Geral das Nações Unidas, Antônio Guterres, informou que da totalidade das vacinas disponíveis, 75% são utilizadas por apenas 10 nações. 130 nações até agora não receberam uma única gota da vacina.

Enquanto cada um de nós faz o que pode para evitar que a doença se espalhe, e enquanto trabalhadores do setor de saúde atuam incessantemente para cuidar dos doentes, pesquisadores correram para encontrar a única coisa que poderá nos proteger a todos e todas no longo prazo, a vacina.


Todo mundo vai precisar da vacina para se manter saudável e se proteger da covid-19. O grande desafio agora é assegurar que todo mundo tenha acesso a ela o mais rápido possível. Mas tem gente ficando para trás!

O que está em jogo?
Apesar de todos os apelos e negociações para que a vacina contra a covid-19 esteja disponível para todas e todos no mundo, o que temos hoje é um retrato das desigualdades globais. Enquanto nove entre 10 pessoas de alguns dos países mais pobres do mundo ficarão sem a vacina em 2021, os países ricos garantiram três vezes mais doses do que o necessário para vacinar suas populações inteiras!


Com isso, os países mais ricos ficarão com a maior parte da proteção contra o coronavírus, enquanto os demais países do mundo – principalmente mulheres, meninas e os mais pobres – serão empurrados para o fim da fila.

Mas não precisa ser assim. As empresas farmacêuticas que desenvolveram as vacinas podem e devem compartilhar suas tecnologias e propriedades intelectuais com o consórcio Covax da OMS para garantir a produção de bilhões de doses para quem realmente necessita.
Por outro lado, os governos precisam assegurar que as vacinas contra a covid-19 sejam consideradas bens públicos globais, gratuitas e distribuídas de maneira justa pelo mundo.

Fonte: Oxfam Brasil
 

 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®