Campinas/SP - Quinta, 13 de agosto de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: SEMINIS

Maxpress - Tritom: novo tomate lançado na hortitec é resistente a geminivírus




TRITOM: NOVO TOMATE LANÇADO NA HORTITEC É RESISTENTE A GEMINIVIRUS

Um novo tomate resistente a geminivirus será lançado durante a Hortitec (de 21 a 24 de junho, em Holambra/SP), pela Seminis, empresa de sementes de hortaliças. Chamado de Tritom, o novo tomate será entregue como brinde aos visitantes da feira embalado em pequenas caixas de presente, acompanhado de uma receita de molho.

A empresa aproveita o evento para mostrar aos produtores de hortaliças que está presente em toda a cadeia produtiva incentivando o aprimoramento técnico, gerencial e comercial dos produtores, além de fornecer sementes de alta qualidade. Seu estande, localizado no Pavilhão Azul, apresenta as duas marcas comerciais da empresa no Brasil: Seminis (´´Soluções em produção de hortaliças´´) e Horticeres (´´Tecnologia em produtos Tropicais´´).

A Hortitec 2006, Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, está em sua 13ª. Edição e será realizada de 21 a 24 de junho no pavilhão da Expoflora em Holambra/SP.

Novo tomate tem custo de produção 30% menor

Do segmento saladete e com porte determinado, o novo tomate híbrido é uma opção rentável para áreas de produção infestadas pelo geminivírus, transmitido pela mosca branca e causador de grandes perdas em todo o país. Mas o Tritom tem também um grande potencial competitivo no custo de produção, qualidade dos frutos e rentabilidade. A colheita na região oeste de São Paulo, iniciada em maio, confirmou o bom desempenho do Tritom no período mais seco, quando aumenta a incidência da mosca-branca. Ele pode ser cultivado rasteiro ou semi-estaqueado e, com este manejo, o custo de produção nos campos é até 30% menor comparado ao tomate envarado.

Os frutos são grandes (150 e 170 g), firmes e têm conseguido preço diferenciado para venda in natura em várias centrais de abastecimento. Com 20 anos de experiência neste ramo, o produtor e atacadista Aparecido Brambilla confirma a maior resistência da cultivar em 300 mil pés que estão sendo colhidos em Piacatu (oeste de São Paulo). Já o produtor Sérgio Hirata, que vende sua produção para o mercado in natura de São Paulo e Paraná, também ampliou a área de teste para 80 mil pés nesta safra e comenta: "A procura tem sido boa, vou plantar Tritom de novo".

Geminivírus provoca prejuízos

A mosca-branca é uma praga de difícil controle e transmissora de vírus responsáveis pela infestação de geminiviroses que comprometem os tomateiros das principais regiões produtoras do país. Se a planta é inoculada ainda pequena, cerca de 80% da colheita se perde, pois as plantas murcham e os frutos ficam manchados, com textura porosa e sem sabor. A Seminis, que mantém um dos programas de melhoramento genético mais avançados do mundo, foi a primeira empresa do Brasil a desenvolver cultivares de tomates híbridos com resistência ao vírus TYLCV (o mais severo dessa espécie), em 2003. A empresa acredita que somente com o uso de cultivares resistentes e práticas culturais adequadas será possível conter o avanço das geminiviroses transmitidas pela mosca branca, possibilitando o cultivo em áreas já afetadas, com menor uso de defensivos e, portanto, com menores custos e frutos mais sadios, preservando a saúde do consumidor e o meio ambiente.

GERENCIAMENTO É O MAIOR DESAFIO DO SETOR

O gerenciamento dos custos da produção rural é um dos papéis mais difíceis e importantes que o produtor precisa desenvolver, pois sua sobrevivência depende disso. Esta constatação estimulou a Seminis, líder mundial em sementes de hortaliças, a rever sua posição de mera fornecedora de insumos para uma parceria em busca de soluções no campo. Esta opção provocou um redirecionamento dos projetos da unidade brasileira para focos específicos no seu relacionamento com os produtores: melhor gerenciamento do negócio HF, redução de custos de produção com maior produtividade, aprimoramento técnico e comercial do produtor, e o desenvolvimento de produtos mais nutritivos, saudáveis e saborosos.

A equipe de campo, aliada às áreas técnica, de pesquisa e a outras instituições, tem se dedicado a discutir com produtores de todas as regiões do país os problemas locais, verificando a necessidade de avançar com orientações e tecnologia tanto no aspecto da produção quanto na comercialização e desenvolvimento gerencial. Para isso, além de produtos mais adequados às demandas do mercado, tem promovido visitas e palestras técnicas, viagens a centros de produção (inclusive internacionais) e orientações gerais sobre temas escolhidos pelos produtores. "Entendemos que a obtenção de lucro na atividade de produção de frutas e hortaliças é um desafio cada dia maior e queremos colaborar para trazer soluções nesta atividade", afirma o gerente de Marketing da empresa, Márcio Nascimento.

Na Hortitec, a Seminis promove a palestra "DESAFIOS DO SETOR AGRÍCOLA", com a dra. Margarete Boteon (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - USP/Esalq), no dia 21 (quarta), das 18 às 19 horas. O evento é fechado para convidados.

« voltar



   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®