Campinas/SP - Terça, 4 de agosto de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: ECOBRISA

Agência Estado - On line - Alternativa ao ar-condicionado


Aparelho desenvolvido por empresa de Campinas é um refrigerador de ar evaporativo, que diminui a temperatura, umidifica o ambiente e pode ser usado com janelas abertas. É o primeiro eletro-eletrônico licenciado pelo Greenpeace.

São Paulo - Um refrigerador de ar a partir da evaporação da água foi desenvolvido pelos engenheiros Paulo Gabarra e Zsolt Makray, de Campinas, como uma alternativa ecológica ao ar condicionado doméstico e acaba de ganhar a chancela do Greenpeace. O equipamento, produzido pela empresa Viva Equipamentos, especializada em climatização evaporativa, foi apresentado hoje (20/3), no Espaço Greenpeace, um local construído com materiais ambientalmente corretos, que comercializa os produtos licenciados pela entidade.

Com tamanho e formato de um ar condicionado tradicional, o novo equipamento eletro-eletrônico, batizado de Ecobrisa, funciona com dois pequenos ventiladores, que aspiram o ar externo através de um painel evaporativo úmido, onde ocorre a evaporação da água e o conseqüente resfriamento do ar, pela troca de calor. "É uma alternativa ecológica e econômica ao mesmo tempo, pois o consumo de energia é dez vezes menor do que o de um aparelho de ar condicionado", explica Makray.

Segundo o engenheiro, a capacidade de resfriamento do Ecobrisa não é tão potente quanto a do ar condicionado, pois depende fundamentalmente da umidade relativa do ar, mas apresenta uma redução térmica entre 2,5oC a 11oC. Em geral, consegue obter a maior redução justamente nas horas mais quentes e nos dias mais quentes, já que a umidade relativa varia ao longo do dia de modo inverso à variação da temperatura.

"Além disso, o aparelho propicia 100% de renovação e umidifica levemente o ar. Pode ser usado em ambientes abertos e semi-abertos, ou seja, com portas e janelas abertas", diz Makray. Ao passar pelo painel evaporativo, o ar também é filtrado, eliminando poluentes, germes, fumaça, odores e poeira do ambiente. Para funcionar, o Ecobrisa gasta o equivalente a uma lâmpada de 100 watts e consome entre dois e três litros de água por dia.

A empresa já trabalhava com sistemas de resfriamento industrial, a grande inovação, conforme o idealizador, foi fazer uma miniaturização para uso residencial. O preço do aparelho é de R$ 1.040,00, com controle remoto. "A base tecnológica da evaporação é utilizada desde a Antigüidade, pelos egípcios, gregos e árabes, que colocavam toalhas molhadas na janela para resfriar o ambiente. O que fizemos foi transformar isso em um equipamento moderno, cujo efeito é o parecido ao de estar perto de uma cachoeira, sem se molhar, e silencioso o suficiente para se poder dormir sem incômodo".

« voltar



   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®