Campinas/SP - Terça, 4 de agosto de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: ECOBRISA

Maxpress Net - On Line - Climatização ecologicamente correta ajuda projeto em Paulínia a economizar energia


A prefeitura da cidade, no interior de São Paulo, climatizou a sede do projeto “Lixo Zero” com aparelhos de resfriamento de ar evaporativo. A adoção desse sistema é uma ação pioneira no País, em um momento em que administrações públicas têm sido orientadas a reduzir o consumo de energia elétrica. A tecnologia proporciona até 90% de economia quando comparada a ar-condicionados convencionais, e é saudável e inofensiva ao meio ambiente.

A coordenação do programa de educação ambiental e limpeza urbana “Lixo Zero” da cidade de Paulínia (no interior de São Paulo) reformou uma casa para usar como sede, utilizando materiais e equipamentos ecologicamente corretos. A grande novidade foi a instalação de climatização de ar na casa. A ‘Vila do Zerinho’, como foi batizado o local, recebeu 16 aparelhos Ecobrisa EB20 – uma alternativa ecológica aos ar-condicionados, que são reconhecidamente nocivos à camada de ozônio e à saúde dos usuários, além de serem um dos maiores consumidores de energia elétrica entre os itens domésticos. O EB20 é um aparelho de resfriamento evaporativo que economiza até 95% de energia elétrica comparado com condicionadores de ar convencionais, e que resfria o ar por meio de um processo muito simples de evaporação da água sem o uso de gases refrigerantes.

Edson Moura, prefeito da cidade e idealizador do projeto ‘Lixo Zero’, afirmou que sempre procurou o pioneirismo nos atos administrativos e a opção pelos aparelhos de ar ecologicamente correto é um exemplo disso. “É uma preocupação com o erário público, já que nos proporciona redução do consumo de energia e uma colaboração com o meio ambiente a utilização de um equipamento que não emite poluentes...” – disse. “Estamos dando um exemplo à sociedade, acima de tudo, de que administrar não é apenas racionalizar o dinheiro público, mas preocupar-se com o bem-estar da nossa comunidade”.

O Ecobrisa 20 é fabricado em Campinas/SP pela Viva Equipamentos, e recebeu em maio desse ano uma licença para o uso da marca Greenpeace, sendo o primeiro eletro-eletrônico no País a obter esse reconhecimento. A licença indica que o aparelho é um produto ecologicamente correto, além de indicar que se trata de uma alternativa viável ao mercado por ter um custo final compatível com aparelhos similares e não implicar na redução do conforto de quem usa.

Segundo Jacqueline Estevam Cerejo, diretora do “Lixo Zero”, a iniciativa de instalar os aparelhos tem como propósito “educar a sociedade dando um bom exemplo do que já é possível fazer dentro de casa para contribuir com a preservação do meio ambiente.” Jacqueline, que é assistente social e faz pós-graduação em Gestão Ambiental, destacou a dificuldade de se encontrar materiais e equipamentos ecológicos de qualidade no mercado: “Tivemos de usar madeira de demolição para construir os móveis da ‘Vila’ e nem tudo que usamos correspondeu em qualidade aos produtos convencionais. Para alguns itens, como cadeiras de escritório, ainda não existem substitutos ecológicos.” Sobre a climatização, destacou as vantagens dos aparelhos adquiridos: “A não utilização do CFC e a economia de energia chamaram muito a atenção. O apoio de uma entidade com a credibilidade do Greenpeace também é uma garantia da qualidade que estamos comprovando”.

O departamento de coleta urbana e educação ambiental de Paulínia, que coordena o programa, adquiriu 16 aparelhos EB20 digital com controle remoto indicados para áreas de até 20 metros quadrados. Um outro aparelho, o EB300, para áreas maiores será instalado no Ecomuseu – um espaço destinado à exibição de trabalhos com materiais recicláveis desenvolvidos na cidade.

« voltar



   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®