Campinas/SP - Quarta, 17 de julho de 2019 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CONSTRUÇÃO CRESCEU 10% EM 2008, DIZ SINDUSCON-SP  


Criado em setembro de 1934, o SindusCon-SP, Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo, reúne empresários que têm como objetivo atuar pelo desenvolvimento econômico e pelo crescimento do setor da construção civil. É o maior sindicato patronal da construção civil da América Latina e conta com uma sede no município de São Paulo, nove regionais e uma delegacia, distribuídas em pontos estratégicos no Estado.

A Regional Campinas atende na Rua Barão de Jaguara, 1481, cj. 142, em Campinas – SP.
Tel: 19 3236-7088
e-mail: sinduscps@sindusconsp.com.br www.sindusconsp.com.br


»
Baú de Notícias

   


Segundo o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, quando o PIB de 2008 for recalculado pelo IBGE no fim de 2009 ou início de 2010, o desempenho da construção deverá incorporar outros dados de pesquisas nacionais que não estão sendo considerados agora, como a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC) e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), bem como informações das Declaração do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (DIPJ) da Receita Federal. Além desses novos dados, o cálculo irá incorporar novos indicadores da construção, como os dos chamados serviços não-típicos (projetos, topografia, terraplenagem etc.).

"A construção então deverá registrar em 2008 um crescimento maior do que aquele apontado agora. Isto já está sendo sinalizado pelos últimos dados disponíveis: no ano passado, o emprego na construção brasileira teve aumento médio de 17,4%, e a indústria de materiais de construção registrou crescimento de 13,7%", diz Watanabe.

Em 2008, para um crescimento de 5,1% do PIB, o IBGE calculou um aumento de 8% para a construção, a maior alta de toda a indústria, que cresceu 4,3%. Segundo o IBGE, o crescimento da construção foi influenciado por obras públicas e pelo aumento, em termos nominais, de 30,4% das operações de crédito direcionadas à habitação.

Já na comparação do quarto trimestre do ano em relação ao mesmo período do ano anterior, o crescimento da construção foi de 2,1%, acima do aumento do PIB, de 1,3%.

A construção também teve uma participação relevante na Formação Bruta de Capital Fixo, que cresceu 13,8% em 2008 e representou 19% do PIB, a mais alta taxa de investimentos desde o início da série histórica do IBGE, em 2000. Em 2008, os investimentos em construção estimados pelo IBGE foram de R$ 206,8 bilhões, o que representou um aumento de 8,9% em relação a 2007.

Crescimento em 2009
Para 2009, o presidente do SindusCon-SP estima que o desempenho da construção será menor. O tema será debatido entre os empresários do SindusCon-SP e economistas da Fundação Getulio Vargas, nworkshop “Panorama da Construção Civil em 2009”, nesta quinta-feira, 12 de março, das 10h às 12h, na sede do sindicato (r. Dona Veridiana 55).

Aberto à imprensa, o evento é gratuito para representantes das construtoras associadas ao SindusCon-SP. Confirmações de presença de jornalistas e representantes de empresas associadas ao sindicato: (11) 3334-5600 ou caa@sindusconsp.com.br
Outras informações:
Fones: (11) 3334 5662 / 9481 6337
E-mail: imprensa@sindusconsp.com.br

 

 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®