Campinas/SP - Terça, 12 de dezembro de 2017 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

TRT DA 15a REGIÃO PAGA R$ 124 MILHÕES EM CONCILIAÇÕES  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


07/12/2017 - Os números habilitam a 15ª a disputar, pelo terceiro ano consecutivo, a primeira colocação do prêmio Conciliar é Legal. Vencida pelo TRT-15 nos últimos dois anos (2015, melhor TRT; 2016, critério absoluto), a premiação homenageia os tribunais que mais se destacaram durante o mutirão organizado nacionalmente pelo Conselho Nacional de Justiça.

São números muito expressivos e, considerada a estagnação econômica do país, eles tornam-se ainda mais relevantes. Entretanto, tão importante quanto os valores pagos, é a resolução do conflito pela via negociada, atingindo assim a finalidade da Justiça, que é a paz social", afirma o presidente do Tribunal, desembargador Fernando da Silva Borges.

Para o coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do TRT-15 (Nupemec), desembargador José Otávio de Souza Ferreira, os principais fatores que fazem o Regional se destacar nacionalmente durante a Semana são a qualificação permanente dos magistrados e servidores e a atuação proativa das varas do trabalho e dos Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejuscs-JT). "Oferecemos capacitações periódicas para que nossos mediadores sejam verdadeiros pacificadores sociais, para que consigam identificar e propor soluções para os sofrimentos retratados nos processos eletrônicos ou de papel", afirmou.

Durante os cinco dias da Semana, o TRT-15 mobilizou as equipes de 153 varas do trabalho, 10 postos avançados e 9 Cejuscs-JT. Foram realizadas 10.137 audiências.

Percentualmente, o destaque ficou com o Cejusc de 2º Grau, coordenado pela juíza Kathleen Mecchi Zarins Stamato e que obteve acordo em cerca de seis de cada dez tentativas de conciliação. Já em relação ao número de processos conciliados, o Cejusc da Circunscrição de Campinas, dirigido pela juíza Ana Cláudia Torres Vianna, terminou a Semana com 343 acordos.

Em valores pagos, o destaque foi o Cejusc de 1º Grau da Circunscrição de Araçatuba, que, sozinho, homologou R$ 15,31 milhões em acordos, sob a coordenação do juiz Clóvis Victório Júnior. "Para elaborar a pauta, intensificamos o diálogo com as partes e com as varas do trabalho. Além disso, fizemos uma atuação itinerante, passando por todos os municípios da circunscrição, com 40 audiências por dia, das 8h às 19h", explica o magistrado.

Outras novidades e destaques

Uma das novidades do TRT-15 nesta edição da Semana foi a inclusão de 200 processos em recurso de revista na pauta de audiências do Cejusc de 2º Grau, em uma ação conjunta da Presidência do Tribunal, por meio do Nupemec, e da Vice-Presidência Judicial (VPJ). Foram R$ 4,30 milhões pagos em conciliações em recursos de revista. "Com os resultados obtidos durante a Semana e no início de novembro, vamos, no próximo ano, criar o projeto ConciliaRR – Conciliação em Recursos de Revista –, para levar também aos Cejuscs de outros municípios essa bem sucedida iniciativa", explica o vice-presidente judicial do TRT-15, desembargador Edmundo Fraga Lopes, que trabalhou nas audiências ao lado da juíza Kathleen Stamato, do juiz auxiliar da VPJ, Renato Henry Sant´Anna, e da equipe de servidores da unidade.

Na 1ª Vara do Trabalho (VT) de São Carlos, uma audiência de conciliação conduzida pela juíza Cláudia Bueno Rocha Chiuzuli colocou fim a um conflito envolvendo 1.251 trabalhadores, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de São Carlos e Ibaté, e a fabricante de compressores herméticos Tecumseh do Brasil. Eles divergiam, desde 2014, sobre os pagamentos de adicionais noturnos. "Ganharam os trabalhadores, ganhou a empresa, ganhou a Justiça do Trabalho, enfim, ganhou a sociedade. Cada ator exercendo bem seu papel para a obtenção da pacificação social", concluiu a magistrada.

Outra unidade a se destacar foi a VT de Andradina, que, na Semana, somou R$ 6,62 milhões pagos a trabalhadores por meio de acordos.


 

 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®