Campinas/SP - Quarta, 21 de agosto de 2019 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

PLATAFORMA GERENCIA E IDENTIFICA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


29/07/2019 - Atentos aos desafios do mercado, pesquisadores da SciPet, empresa-filha do Instituto de Computação (IC) da Unicamp, desenvolveram um sistema inteligente para gestão de bichinhos de estimação a partir de uma plataforma colaborativa, permitindo o gerenciamento destes animais em espaços compartilhados. Uma das funcionalidades da ferramenta, que contou com a colaboração de pesquisadores da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) da Universidade, é auxiliar na busca por animais perdidos, sendo uma alternativa menos invasiva à microchipagem.

“A tecnologia é inovadora por realizar o mapeamento de animais em espaços compartilhados com humanos. O propósito do sistema é, justamente, conhecer estes animais que dividem o espaço conosco, garantindo o bem-estar deles”, conta Fabio Piva, CEO da SciPet Soluções em Inovação Tecnológica. A empresa-filha da Unicamp efetuou, recentemente, o licenciamento da tecnologia. A plataforma foi apelidada de CrowdPet.

Com foco em prefeituras, ongs, pet shops e condomínios residenciais, o CrowdPet permite conhecer o espaço de maior concentração de pets, localizar bichinhos perdidos e abandonados e levantar informações sobre eles. Resumidamente, seu funcionamento se dá da seguinte maneira: os usuários inserem as informações sobre os animais (foto e características gerais) numa plataforma colaborativa, formando um cadastro geral de animais. O reconhecimento de animais perdidos se dá por meio de inteligência artificial, cruzando as imagens do pet perdido com os dados inseridos na plataforma. A tecnologia já está em uso por profissionais da Prefeitura de Jaguariúna, no interior de São Paulo, desde setembro de 2018. Por enquanto, no caso de Jaguariúna, apenas os funcionários da prefeitura que atuam na saúde e bem-estar animal podem cadastrar os animais na plataforma, mas a intenção é expandir para a população geral.

O professor Eduardo Alves do Valle, da FEEC e que participou da etapa de pesquisa da nova tecnologia, conta que um dos diferenciais da tecnologia está, justamente, na utilização da Inteligência Artificial, que permite a identificação do animal por meio de suas características físicas. Afinal, se há a identificação facial para humanos, por que não utilizar algo semelhante para os animais?! “Já havia uma extensa literatura voltada ao reconhecimento facial humano. Mas o desenvolvimento de um sistema que reconhece os animais pelas características físicas é inovador”, defende. A tecnologia utilizada atualmente pela SciPet foi possível a partir de uma colaboração entre Universidade e Empresa e contou com a participação ainda dos pesquisadores Allyson Melo de Oliveira, Fernanda Andaló, Orlando Volpato Filho e do próprio Fábio Piva.

O desenvolvimento da plataforma CrowdPet se dará em três etapas distintas, conforme destaca o CEO da empresa. “Lançamos esse primeiro módulo da plataforma, que chamamos de ‘registro animal’ e é voltado para utilização em prefeituras. É uma versão disponível para os agentes de bem-estar animal e de saúde. Com a tecnologia, todo animal que passa por essas clínicas, que têm um grande fluxo, é registrado no sistema por um agente”, aponta Piva.

Com o primeiro módulo instaurado, já é possível conhecer melhor a população de animais de estimação de uma cidade. “Depois, temos o módulo da identificação do animal, que ainda está em testes. E, por último, lançaremos o aplicativo para a população que servirá como uma rede social para os animais”, revela o empreendedor.

A previsão é que a solução seja adotada por mais dez novas cidades ainda neste ano. “O feedback está sendo extremamente positivo, pois estamos trazendo inovação de processo para um setor de bem-estar animal, que é muito carente de inovação. E isso não é apenas no Brasil”, avalia.

TEXTOCAROLINA OCTAVIANO | INOVA | ESPECIAL PARA O JU


 

 
Cadastro de Jornalista  
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®