Campinas/SP - Quarta, 21 de agosto de 2019 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

PROCON NOTIFICA ALLERGAN SOBRE IMPLANTE MAMÁRIAS BIOCELL  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


05/08/2019 - A empresa deverá detalhar os produtos afetados e informar qual o defeito dos produtos e potencial de risco às consumidoras; quando e como foi identificado o defeito; a quantidade dos produtos comercializados por estados da federação; e quantos procedimentos cirúrgicos foram realizados no país com os produtos afetados.

A Allergan deverá esclarecer ainda quais os procedimentos adotados com relação às consumidoras que já possuem o implante, se houve esclarecimentos e recomendação de conduta médica para substituição das próteses; se nos casos em que a avaliação médica apontar necessidade de substituição das próteses, os custos serão suportados pela empresa; se será realizada campanha publicitária para informar as consumidoras que fizeram o implante mamário sobre os procedimentos a serem adotados em razão do defeito do produto; se há registros de ocorrências decorrentes do defeito do produto e, em caso positivo, envio de informações como data e local, dados das vítimas, danos, providências, entre outras.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, produtos e serviços colocados no mercado de consumo não acarretarão riscos à saúde ou segurança dos consumidores e, quando identificado que o produto traz riscos, deve ser imediatamente retirado do mercado e comunicado aos consumidores. Todos os fornecedores envolvidos podem ser responsabilizados pelos danos causados.

As informações, que a empresa deverá entregar em sete dias, subsidiarão averiguação preliminar já iniciada. A ausência de resposta ou resposta insatisfatória poderá resultar em multa de até dez milhões de reais.
 

 
Cadastro de Jornalista  
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®