Campinas/SP - Segunda, 30 de novembro de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

PROFESSORA BRASILEIRA CRIA GRUPO INTERNACIONAL  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


06/08/2020 - om a retomada das aulas em fase de análise no Brasil, a professora Josane Batalha Sobreira da Silva, decidiu buscar informações e saber como tem sido a experiência em outras escolas pelo mundo. Em um grupo de rede social, que reúne quase três mil professores de diferentes continentes, a docente pediu que outros profissionais compartilhassem registros do que deu certo, o que não deu, quais experiências foram valorizadas e quais as perspectivas para o pós-pandemia.

A postagem viralizou e inúmeros docentes decidiram marcar um encontro virtual para discutir os desafios da retomada das aulas em diversas partes do mundo. A primeira reunião teve a inscrição de 16 países, com a presença de diversos professores e abordou a organização das salas de aula presenciais, aulas on-line, entrada na escola, horário de recreio, quais são os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para professores e alunos, além de outras adaptações físicas que foram feitas nas escolas.

"Aqui no Brasil cada Estado decide sua data para retomada e em São Paulo há uma possibilidade de as aulas presenciais voltarem em setembro. Essa troca de experiência é muito importante para entendermos como foi a volta às aulas em outros países, muitos deles já passaram por essa fase", diz Josane Sobreira. "Com o conteúdo que tivemos acesso, poderemos conversar com a diretoria do Porto Seguro e nos prepararmos para quando chegar esse momento aqui."

Entre as várias experiências compartilhadas estão mais vigilância nos recreios para que os alunos mantenham o distanciamento social, poder de decisão dos pais sobre o retorno dos filhos, menos alunos dentro das salas de aula, com escalonamento e turnos. "Um exemplo é o Japão, onde as crianças são incentivadas a serem independentes desde os primeiros anos, os alunos são educados a seguir exemplos, por isso a medição de temperatura deve ser feita em casa, os estudantes não podem lanchar de frente para o outro e atividades em par ou grupo foram suspensas nas salas de aula e educação física", afirma.

Nos Estados Unidos, a educação híbrida ganhou ainda mais suporte dos professores e alunos. Assim como no Brasil, as aulas presenciais foram suspensas e muitas escolas migraram para plataformas on-line. Em algumas regiões os alunos já retornaram às escolas e as aulas virtuais ao vivo são usadas para a realização de atividades mais lúdicas.

Um novo encontro está sendo organizado para meados de setembro, com o objetivo de entender quais serão os impactos da educação digital e se os novos protocolos de segurança estão funcionando. A professora espera reunir ainda mais docentes neste novo evento.
 

 
Cadastro de Jornalista  
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®