Campinas/SP - Quinta, 24 de setembro de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

BRASILEIROS QUEREM REDUZIR IDAS ÀS ESCOLAS  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


07/08/2020 - Coreia do Sul (83%), Índia (81%) e México (80%) são as nações que mais endossam a ideia. Por outro lado, nos europeus França (42%), Itália (44%) e Alemanha (46%) menos da metade concorda com a restrição da frequência em sala de aula.

O levantamento apontou também a expectativa do tempo que as populações julgam adequado esperar para que suas crianças voltem aos estudos em segurança. No Brasil, 24% dizem que se sentiriam confortáveis em mandar os filhos de volta à escola apenas daqui 4 a 6 meses. Em segundo lugar, com 20%, está um período ainda mais longo: de 7 a 12 meses. Com 17%, o prazo entre 1 e 3 meses ficou no terceiro posto. 13% só estariam confortáveis após um ano e, por último, somente 4% mandariam suas crianças ao colégio já no próximo mês.

Um em cada cinco brasileiros (18%) não soube responder à pergunta; e 1% disse que os filhos já estão frequentando a escola presencialmente. Considerando os 16 países avaliados, o único onde mais da metade disse que suas crianças já voltaram às aulas é o Japão, com 60%. Em seguida vêm a França (47%) e a Alemanha (45%).

A pesquisa on-line Ipsos Essentials foi realizada entre os dias 17 e 20 de julho com cerca de 14.500 adultos, de 16 a 74 anos, em 16 países. A margem de erro para o Brasil é de 3,5 p.p
 

 
Cadastro de Jornalista  
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®