Campinas/SP - Sábado, 12 de junho de 2021 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

VELHOFÓBICO -VELHOEUFÓRICO E VELHOALFORRIADO  


Desde 2008 a Comunicativa passou a atuar no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Como Agência ela se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas nas mídias hoje disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas novas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, abastecimento de sites, entre outras. Esse trabalho é pautado pelos critérios técnicos e a ética das notícias e suas conseqüências. A Comunicativa foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fones: (19) 3256 4863 / 3256 9059


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   


CAMPINAS/SP


Você sabe o que significa “velhofóbicos”, “velhoeufóricos” e “velhoalforriados”?

Em campanha contra a "velhofobia", a querida antropóloga Mirian Goldenberg vai lançar pela Editora Record uma versão atualizada do livro "A construção de uma bela #velhice".

Ela entrevistou e acompanhou a vida de 30 nonagenários por 5 anos e identificou 3 perfis: os “velhofóbicos”, que têm medo de envelhecer; os “velhoeufóricos”, que dizem que estão fazendo "todas as coisas malucas"; e os “velhoalforriados”, que se sentem livres das amarras sociais e familiares.

Conclusão: "A velhice tanto pode ser vista como uma fase de medos, perdas e doenças, quanto como um momento de beleza, liberdade e felicidade".

Na semana passada, Mirian publicou o artigo “Todo mundo quer viver 100 anos”, na Folha de São Paulo, em que exemplifica:

“O meu amigo Guedes, fez 98 anos cheio de saúde, alegria de viver e vontade de aprender coisas novas todos os dias. Desde o início da pandemia ele me liga. Primeiro, canta uma música. Depois fazemos um jogo de anagramas. Vem então o momento de “ilustração pandêmica”, como ele apelidou nosso “grupo de estudo” sobre livros. Em seguida ele procura nas entrelinhas dos jornais notícias positivas”.



 

 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®