Campinas/SP - Sexta, 19 de julho de 2024 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

10 MIL PEÇAS DE ROUPAS ÍNTIMAS NOVAS PARA O RGS  


A AGÊNCIA DE NOTICIAS E EDITORA CLICKNOTICIA assumiu, a partir de 2021 as funções que desde 1996 a Comunicativa atuava no mercado de comunicação com características próprias de Agência de Notícias e Editora. Assim, também como agência e editora, a CLICKNOTICIAS se propõe a levantar informações de interesse jornalístico, na macro região de Campinas, espontaneamente ou por demanda para difundí-las através do site www.clicknoticia.com.br. Como Editora ela coloca à disposição de instituições públicas ou privadas o seu corpo de profissionais para produção de publicações jornalísticas em todas mídias disponíveis. Ao conhecer a empresa e suas necessidades no setor de comunicação, podem ser sugeridas ferramentas através da elaboração de um Plano de Comunicação, incluindo jornal para os funcionários, publicações institucionais ou específicas para os clientes, produção de conteúdo para sites, criação de hubs e sites responsivos, entre outras. Esse trabalho é pautado por critérios profissionais e éticos acim a de tudo. A Comunicativa Assessoria e Consultoria Jornalística foi criada como prestadora de serviços jornalísticos em abril de 1996 em função da demanda de profissionais capacitados para interrelacionar o segmento corporativo e os veículos de comunicação jornalística. Fone/WS: (19) 987-835187 - (19) 99156-6014


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   



CAMPINAS/SP


Cerca de 10 mil peças de lingerie são doadas
em Campinas para os desabrigados do Sul


Fabricantes que também já perderam tudo em uma enchente se unem em cooperativa e fazem campanha para abastecer os desabrigados com peças de roupas íntimas novas

Quem já passou pelo desespero de perder tudo em uma enchente entende a importância da solidariedade. Esse é o sentimento de 120 fabricantes de lingerie de Nova Friburgo (RJ), que mantém uma cooperativa em Campinas (SP), de onde estão destinando cerca de 10 mil peças de lingerie para os desabrigados do Rio Grande do Sul. Os pacotes com as doações saíram de Campinas na segunda (dia 27) e estão sendo transportados voluntariamente por um dos cooperados que está coordenado a campanha. O Instituto “E Se Fosse Você?” receberá as doações em Porto Alegre e cuidará de sua distribuição às famílias.

“Recordamos a dor, a luta e a solidariedade que nos uniu na reconstrução e hoje, ao vermos o Rio Grande do Sul enfrentando tragédia semelhante, somos chamados a ajudar”, diz o coordenador da campanha, Agnelo D’La Belle. Ele conta que estão sendo doadas peças novas de calcinhas, soutiens, cuecas, meias e pijamas em variados tamanhos (do infantil ao extra G), para que pessoas de diferentes faixas etárias possam ser atendidas. Essa remessa tem valor estimado em aproximadamente R$ 100 mil. “Não são apenas peças de roupas, mas um símbolo de esperança e reconstrução para aqueles que estão passando por momentos difíceis”, afirma.

Esta é a segunda remessa da campanha de doação que reuniu fabricantes, clientes e funcionários da “Capital da Lingerie”, uma cooperativa de pequenos fabricantes que abastece com sua produção as revendedoras de lingerie do Estado de São Paulo a partir de sua sede em Campinas. As roupas intimas são pouco lembradas nesses momentos de tragédia, mas muito necessárias.

Duas tragédias semelhantes

O que une esses doadores e a população desabrigada do Sul é a dor pela mesma tragédia provocada pelas enchentes. Em 2011, a cidade de Nova Friburgo, localizada na região serrana do Rio de Janeiro, foi devastada por fortes chuvas, com perdas irreparáveis. Toda produção, maquinário e imóveis dos pequenos fabricantes de lingerie – principal atividade econômica da região - foram destruídos e boa parte soterrados, situação agravada com cerca de 900 mortes e milhares de desabrigados em toda região serrana. A reconstrução de Nova Friburgo foi lenta, e a população contou com a solidariedade de vários estados.
“Por muitos meses vivemos das doações e da solidariedade de outras cidades, por isso queremos retribuir, com nossa produção, porque agora podemos ajudar”, diz Agnelo. A criação da ‘Capital da Lingerie”, uma central de distribuição e venda de produtos dos fabricantes de Nova Friburgo e sediada em Campinas desde 2014, foi uma das estratégias usadas para alavancar economia dos fabricantes depois da tragédia.
Nova remessa é preparada hoje (segunda, dia 27)
As caixas com as doações de peças novas serão organizadas durante todo o dia de hoje (segunda, dia 27), separadas e embaladas por ordem de tamanho, por um mutirão de funcionários e voluntários da “Capital da Lingerie”. O transporte será feito amanhã, terça, logo na madrugada, com acompanhamento de Agnelo e esposa, que seguem para o Sul com o propósito de garantir que não haverá extravios. Ele também pretende se reunir com pequenos produtores locais para compartilhar algumas estratégias usadas em Nova Friburgo (RJ) em 2011, para o trabalho de reconstrução dos negócios.





O endereço da Capital da Lingerie, onde o trabalho de embalamento das peças está sendo feito, é Rua Abílio José dos Santos nº 42 - Jardim Novo Campos Eliseos.
Informações: pelos telefones (19) 3397 0227 com Ana ou (22) 98817 6221 com Agnelo (FOTO ou Instagram @capitaldalingerie


 


Outras fotos :



 
 
   
   
« voltar  


   Gigo Notícias    Política de Privacidade