Campinas/SP - Quinta, 28 de maio de 2020 Agência de Notícias e Editora Comunicativa Ltda.  
 
 
  home
  comunicativa
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Telefone: (19) 3256-4863
Fax: (19) 3256-9059
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

FILAS NO INSS: CDI TEM PROPOSTA DE SOLUÇÃO  


O Comitê para a Democratização da Informática (CDI) é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos que, desde 1995, desenvolve o trabalho pioneiro de levar a informática às populações menos favorecidas. Por meio nas EICs – Escolas de Informática e Cidadania – desenvolve programas educacionais e profissionalizantes visando diminuir a exclusão digital a que essas comunidades são submetidas. São 38 comitês nacionais, em 19 estados e, 9 internacionais. Em Campinas – onde começou a atuar em maio de 2000 – o CDI mantém atualmente 46 Escolas de Cidadania e Informática e, desde 2000, já atendeu mais de 6000 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos. A meta é expandir o número de EICs para 50 até o final desse ano. A organização capta recursos técnicos e financeiros por meio de parcerias com empresas, instituições filantrópicas o poder público, que além de doarem equipamentos e verba, apoiam com trabalho voluntário, técnico e de instrução em aulas.


»
Baú de Notícias
» Galeria de Fotos

» Clipping

   



CDI Campinas apresenta a sociedade seu projeto de inclusão social em parceria com o INSS


O dia 31 de março foi instituído, oficialmente, como o “Dia Municipal da Inclusão Digital”.
Em função disso o CDI-Campinas decidiu tornar público o convênio e mostrar com detalhes o projeto “Você mais perto da Previdência Social”. O objetivo é facilitar o acesso da população aos serviços e benefícios da Previdência Social pelo Site do Ministério da Previdência Social.

NECESSITANDO DE VOLUNTÁRIOS
Para isto o CDI-Campinas vai disponibilizar computadores com acesso monitorado onde será possível acompanhar uma apresentação do projeto e realizar buscas aos serviços on-line do site da Previdência Social. “A idéia é mostrar para o público que o projeto não só já existe como já está funcionando. No segundo semestre do ano passado as EICs do Centro Tia Ileide e do Jardim Rossim funcionaram como pilotos do projeto. Agora precisamos conseguir voluntários que, depois de capacitados pelo INSS, possam atuar em nossas 58 EICs de Campinas e região”, explica Helena White, coordenadora pedagógica do CDI-Campinas.



Segundo ela este é o maior problema para que o projeto possa deslanchar e ganhar o país. Acontece que os voluntários para chegar a atuar nas EICs, precisam passar pelo curso de capacitação do INSS que tem duração de uma semana com carga horária de 4 horas no período da manhã. “Nós acreditamos que, em função disso, os aposentados e estudantes seriam os mais indicados para a função. Afinal não é todo mundo que pode dispor de uma semana para o curso de capacitação. Depois o voluntário pode até contribuir com o projeto trabalhando apenas 4 horas por semana na EIC mais próxima da residência, mas o INSS exige 20 horas de curso”.

A importância do sucesso do projeto em Campinas é fundamental para que ele seja estendido para o país todo. Se isto acontecer, serão 962 EICs, 1924 educadores, 5.778 computadores instalados e 1.154 voluntários engajados e disponibilizando os serviços on line da Previdência Social sem que seja necessário ao segurado enfrentar as famosas filas.
Por isso a difusão do projeto e a busca por voluntários será a bandeira do CDI-Campinas e INSS neste 31 de março, Dia Municipal da Inclusão Social.

CDI-Campinas
Coordenadora Pedagógica – Helena White
Gestora do Projeto – Kelly Kirner
Fone: (19) 3273 0709

 


Outras fotos :



 
 
   
   
« voltar  


   Clicknotícia® by Comunicativa    Política de Privacidade Desenvolvimento: Webcompany®